Skip to main content
Tag

aumentar os seios

Prótese de Mama: Qual o Tamanho Ideal?

By Cirurgia Plástica, Cirurgias, Mama, Prótese de Mama No Comments

Uma pergunta frequente realizada por pacientes interessadas em aumentar os seios diz respeito ao tamanho da prótese. É muito comum, inclusive, pacientes chegarem ao consultório falando sobre a amiga ou uma celebridade que colocou uma prótese com determinado tamanho e obteve um bom resultado, e que deseja uma prótese com o mesmo tamanho ou volume.

Porém, é importante lembrar que os resultados serão diferentes, dependendo do tipo do corpo da paciente.

Pacientes Diferentes, Resultados Diferentes

Diversos fatores influenciam na estrutura corporal de cada pessoa, estes variando entre a genética, histórico médico, gestações prévias, amamentação, oscilações de peso, altura, entre outras questões relevantes. Muito importante, também, é o objetivo e as preferências de cada paciente, que são importantes para o procedimento.

Sendo assim, o que funcionou para uma mulher, pode não funcionar para a outra. Existem vários tipos de próteses disponíveis para garantir o melhor resultado para cada paciente. As próteses de silicone podem variar não só no volume (tamanho), mas também no perfil (baixo/moderado, alto, super alto), no formato (redonda, cônica, em  gota) e no material (lisa, texturizada, poliuretano).

Ressalta-se ainda as diferentes posições dos implantes, que, por exemplo, podem ser colocadas abaixo da glândula ou abaixo do músculo peitoral. As incisões por onde os implantes de silicone serão inseridos é outro ponto a ser considerado, sendo estas normalmente realizadas no sulco  da mama, ao redor da aréola – em sua parte inferior, ou pela axila.

Por isso, a escolha do tipo de prótese e técnica ideal devem ser realizadas em conjunto com o seu cirurgião, que irá examiná-la e sugerir a melhor opção para o seu caso. Alguns dos fatores que irão balizar a opinião do seu médico quanto ao tipo e tamanho de prótese mais indicados para o seu caso são:

  • Diâmetro do tórax;
  • Volume dos seios;
  • Altura;
  • Espessura e elasticidade da pele;
  • Predisposição a estrias e flacidez;
  • Objetivos da paciente

Sendo assim, lembre-se que os desejos da paciente são fundamentais na hora de decidir pelo tamanho da prótese, mas para que os resultados da cirurgia sejam aqueles planejados, a opinião profissional do seu cirurgião plástico sempre deverá ser levada em consideração.

 

Quer agendar sua consulta com o Dr. André Valiati?

Em Porto Alegre ligue para (51)3517.5480 ou (51)99633.8816. Para agendar via whatsapp, clique nesse link ou faça seu agendamento online.

Em Sapiranga ligue para (51)3134.2020, Para agendamento via whatsapp, clique nesse link ou faça seu agendamento online.

Mamoplastia de Aumento e Primavera - Dr Andre Valiati Porto Alegre Sapiranga

Mamoplastia de Aumento e Primavera combinam?

By Cirurgias No Comments

Nesse artigo vamos falar sobre mamoplastia de aumento e primavera, detalhando quais os benefícios desse se submeter a esse procedimento antes do verão.

A Primavera é o prenúncio do Verão, onde as temperaturas tendem a estar mais altas, e as roupas de banho voltam a fazer parte de momentos das nossas rotinas de descanso e relaxamento após o trabalho.

Viagens ao litoral no final de semana, idas diárias ao clube em busca do bronzeado perfeito, são comportamentos que acabam influenciando em um aumento da procura pela cirurgia de prótese de mama nos meses de novembro e dezembro. Mas ainda há tempo para um recuperação adequada até o final do ano?

Recuperação da Mamoplastia de Aumento

A Mamoplastia de Aumento é um procedimento ambulatorial com alta hospitalar no mesmo dia, sendo, portanto, bastante tranquilo e seguro.

Apenas nas duas primeiras semanas depois da cirurgia a paciente deverá restringir sua rotina e movimentos. Deverá evitar a elevação dos braços acima dos ombros e qualquer atividade física. Após este período, atividades leves já estão liberadas. Demais atividades, como dirigir, fazer musculação, entre outras, serão liberadas de acordo com a evolução dessa recuperação, que é diferente para cada paciente. A evolução de sua rotina pós-cirúrgica e a retomada das atividades deverão ser  devidamente orientadas pelo seu cirurgião plástico.

A cicatriz normalmente fica localizada em uma região da mama que acaba não sendo exposta ao sol, mesmo utilizando apenas trajes de banho. O edema (inchaço) é mínimo e o resultado final é quase que imediato.

Mamoplastia de Aumento e Primavera combinam

A soma de todas essas características tornam plenamente possível que as pacientes que se operam em outubro, novembro ou dezembro possam curtir o resultado da cirurgia ainda nesse verão!

Por isso, não deixe para a última hora, encontre um cirurgião plástico membro da Sociedade Brasileira de Cirurgia Plástica e agende sua consulta!

 

Quer agendar sua consulta com o Dr. André Valiati?

Em Porto Alegre ligue para (51)3517.5480 ou (51)99633.8816. Para agendar via whatsapp, clique nesse link ou faça seu agendamento online.

Em Sapiranga ligue para (51)3134.2020. Para agendamento via whatsapp, clique nesse link ou faça seu agendamento online.

o-verao-e-as-proteses-de-silicone-porto-alegre-andre-valiati

O Verão e as Próteses de Silicone – Porto Alegre

By Prótese de Mama No Comments

Saiba nesse artigo sobre o verão e as próteses de silicone.

O início das altas temperaturas e o maior fluxo para o litoral durante os finais de semana aumentam a procura pela cirurgia de prótese de mama nos meses de novembro e dezembro. Mas será que há tempo para uma pronta recuperação até o verão?!

A cirurgia de prótese de silicone é bastante tranquila. Trata-se de um procedimento ambulatorial, com alta hospitalar no mesmo dia. As primeiras duas semanas de pós-operatório são mais restritas – deve-se evitar a elevação dos braços acima dos ombros e qualquer atividade física. Após este período, atividades leves já estão liberadas.

A cicatriz localiza-se na região da mama, não sendo exposta ao Sol, mesmo com trajes de banho. O edema (inchaço) é mínimo e o resultado final é quase que imediato.

Todas estas características tornam plenamente possível que as pacientes que se operam em novembro ou dezembro possam curtir o resultado da cirurgia já neste verão!

Procure um cirurgião plástico membro da Sociedade membro da SBCP e agende logo sua consulta!

 

Quer agendar sua consulta com o Dr. André Valiati?

Em Porto Alegre ligue para (51)3517.5480 ou (51)99633.8816. Para agendar via whatsapp, clique nesse link ou faça seu agendamento online.

Em Sapiranga ligue para (51)3134.2020. Para agendamento via whatsapp, clique nesse link ou faça seu agendamento online.

posicao ideal dos implantes de silicone

Qual a Posição Ideal dos Implantes de Silicone?

By Cirurgias, Mama, Prótese de Mama No Comments

Definir qual a posição ideal dos implantes de silicone é fundamental na Cirurgia de Prótese de Silicone nas Mamas. É mais uma das muitas decisões que você deverá tomar em conjunto com o seu cirurgião plástico na primeira consulta médica. Para chegar ao posicionamento ideal do seu implante mamário, são avaliadas questões como o tamanho das próteses, sua anatomia corporal, a qualidade de sua pele, além, é claro, de seus objetivos estéticos.

Portanto, ao se dirigir para a consulta, ainda que tenha preferências prévias, saiba que será necessário discutir com seu cirurgião plástico sobre as várias opções de posicionamento dos implantes mamários. Ainda que sua opinião seja relevante, é importante confiar na experiência e no conhecimento técnico do seu cirurgião, caso ele indique uma posição diferente daquela planejada por você. As principais opções de posicionamento dos implantes de mama serão detalhadas abaixo:

Definindo a Posição ideal dos Implantes de Silicone

São várias as possibilidades de posicionamento das próteses de silicone. Por isso, é importante discutir com seu cirurgião qual a posição ideal dos implantes de silicone. A seguir, você saberá quais as vantagens e desvantagens de cada uma das principais posições das próteses de silicone.

Plano Subglandular (abaixo da Glândula)

O posicionamento da prótese de silicone abaixo da glândula, ou subglandular, é o mais utilizado, uma vez que o descolamento para criação do bolso para colocação do implante é mais fácil.

# Vantagens do Plano Subglandular: Além da facilidade do descolamento durante o ato cirúrgico, o pós-operatório é mais tranquilo, visto que a dor e o desconforto são mínimos e duram poucos dias.

# Desvantagens do Plano subglandular: Posicionar o implante de silicone abaixo da glândula em pacientes muito magras e sem nenhum tecido mamário pode deixá-lo muito visível. Além dessa possibilidade de tornar o resultado artificial, há ainda a possibilidade de se formarem pequenas dobras (rippling) na pele da paciente.

Plano Submuscular (abaixo do músculo)

Nesse plano, o implante fica coberto pelo músculo, cuja principal função é a de “esconder a prótese”.

A colocação da prótese no plano submuscular é indicada para:

(1) Mulheres magras, que precisam de uma cobertura maior entre a pele e o implante, para que este não fique visível;
(2) Mulheres com implante subglandular que desenvolveram sinmastia – mamas juntas na linha média, sem separação entre elas.
(3) Mulheres com histórico familiar de câncer de mama, pois necessitam de uma proteção entre a glândula mamária e a prótese, para facilitar a eventual necessidade de punções para biópsias.

# Vantagens do Plano Submuscular: Nesse plano as bordas da prótese tem a tendência de ficar menos aparentes. Há ainda, comparado ao plano subglandular, menor risco de contratura capsular.

# Desvantagens do Plano Submuscular: O pós-operatório exige maior cuidado, pois a contração do músculo peitoral, nesse período, pode deslocar o implante para os lados. Com isso pode modificar a aparência da mama. Mais ainda, no período pós-operatório, a dor tem a tendência de ser mais intensa uma vez que ocorre a distensão dos músculos durante a cirurgia. Sendo assim, a recuperação se torna mais lenta, e o tempo para retomada das atividades físicas é maior.

Duplo Plano (Dual Plane)

A denominação “duplo plano” decorre do posicionamento intermediário para prótese mamária, no qual a parte superior do implante fica coberta pelo músculo e a parte inferior fica posicionada abaixo da glândula mamária. Através dessa técnica, é possível obter os benefícios de cada umas técnicas apresentadas acima (subglandular e submuscular), o que permite reduzir determinados problemas existentes em cada uma delas isoladamente.

# Vantagens do Duplo Plano: O resultado apresenta mamas bastante naturais, sem bordos visíveis ou palpáveis superiormente. Além disso, diminui consideravelmente a possibilidade de surgimento de ondulações visíveis na superfície, também conhecidas como ”rippling”. Permite a colocação de volumes maiores. Diminuem as chances de contratura capsular.

# Desvantagens do Duplo Plano: O pós-operatório pode ser um pouco mais dolorido, pois ocorre a divisão do músculo peitoral.

Divisão Muscular (Muscle-splitting)

A técnica da Divisão Muscular (Muscle-splitting) pode ser considerada a evolução da Dual-plane. Isso porque diferentemente da técnica de duplo plano, onde o músculo é cortado para posicionamento da prótese, na Muscle-splitting, o músculo é apenas dividido ao longo de suas fibras, o que não gera tantos traumas!
# Vantagens da Muscle Splitting: A prótese fica coberta pelo músculo peitoral apenas na sua porção mais superior, para evitar o efeito “bolinha” ou mesmo as ondulações visíveis do implante (rippling).
Além disso, a divisão muscular não costuma gerar deformidade de contorno quando existe contração muscular ( a chamada “alteração dinâmica”), nem mesmo movimentação dos implantes.

# Desvantagens da Muscle Splitting: Em pacientes com musculatura peitoral muito forte, o músculo pode “empurrar” o implante para baixo. Além disso, em raros casos, o músculo pode “escorregar” para trás do implante, deixando a prótese totalmente subglandular.

Um detalhe importante é que as próteses de mama não interferem na amamentação, qualquer que seja o plano escolhido.

 

Quer agendar sua consulta com o Dr. André Valiati?

Em Porto Alegre ligue para (51)3517.5480 ou (51)99633.8816. Para agendar via whatsapp, clique nesse link ou faça seu agendamento online.

Em Sapiranga ligue para (51)3134.2020. Para agendamento via whatsapp, clique nesse link ou faça seu agendamento online.

trocar as proteses de silicone

Quando trocar as próteses de silicone?

By Mama, Prótese de Mama No Comments

As próteses de silicone evoluíram muito nestes mais de 50 anos de existência. Contudo, elas não são permanentes! Como qualquer produto, apresentam desgaste natural e devem ser substituídas!

Os implantes atuais apresentam duas características que aumentaram sua durabilidade: gel coesivo e mais camadas de elastômero na sua cápsula. Com isso, aquela antiga regra de troca a cada 10 anos caiu por terra!

Atualmente, a Sociedade Brasileira de Cirurgia Plástica recomenda revisão anual com exame físico e ecografia para checar a viabilidade do implante. Já a escola francesa preconiza ecografia no terceiro, sétimo e décimo ano após a inclusão das próteses.

Indicações para troca das Próteses de Silicone

Existem 3 indicações para troca das próteses de silicone : (1) insatisfação estética; (2) ruptura da sua cápsula; ou (3) contratura capsular.

Muitas pacientes desejam um novo aumento mamário alguns anos da primeira cirurgia. Alterações de peso, gestação ou o próprio efeito da gravidade podem gerar leve flacidez de pele. Uma nova cirurgia, com troca por próteses mais volumosas, resolve esta questão.

As rupturas são diagnosticadas por ecografia ou ressonância magnética. Na maioria das vezes, são assintomáticas. Contudo, algumas pacientes, podem apresentar leve dor mamária, vermelhão na pele ou alteração do formato da mama. Mas não se assuste se você apresenta uma prótese com ruptura, não existe nenhuma urgência! O gel não é tóxico ao organismo e a cirurgia pode ser programada com calma.

Já a contratura capsular, conhecida popularmente como “rejeição”, pode ocorrer a qualquer momento após a inclusão das próteses de silicone, mas é mais comum após 5 anos de uso. Tem por costume gerar leve dor, alteração de formato da mama e endurecimento da mesma. Seu diagnóstico é feito com exame físico ou por ecografia.

Portanto, as próteses não são vitalícias! Procure seu cirurgião para as revisões sistemáticas ou antes, caso haja algum sintoma!

 

Quer agendar sua consulta com o Dr. André Valiati?

Em Porto Alegre ligue para (51)3517.5480 ou (51)99633.8816. Para agendar via whatsapp, clique nesse link ou faça seu agendamento online.

Em Sapiranga ligue para (51)3134.2020. Para agendamento via whatsapp, clique nesse link ou faça seu agendamento online.

10 Coisas que você precisa saber antes do Implante de Silicone nos Seios

By Cirurgias, Mama, Prótese de Mama No Comments

O Brasil é o segundo país que mais realiza procedimentos estéticos cirúrgicos e não-cirúrgicos no mundo, ficando atrás apenas dos Estados Unidos. O Implante de Silicone nos Seios é a terceira cirurgia plástica mais popular do mundo e a segunda mais popular por aqui. Por ela ser tão famosa, algumas questões podem passar batidas. Pensando nisso, aqui está uma pequena lista de fatos e dicas sobre o implante de silicone nos seios.

1. Sua primeira cirurgia de mama provavelmente não será a última. Os implantes não duram para sempre. A Sociedade Americana de Cirurgia Plástica recomenda a realização de uma ecografia mamária a cada 3 anos para analisar o estado dos implantes. Na evidência de ruptura (evento raro), faz-se necessária a troca! Outros critérios comuns de troca são variações grandes de peso ou gestação, que podem tornar os seios caídos.

2. Você não pode ir de seio pequeno a seio enorme de uma vez só. É importante definir metas realistas. Seu corpo e pele precisam de tempo para se adaptarem às mudanças. Além disso, próteses muito grandes aumentam as chances de desenvolvimento de estrias! Portanto, o cirurgião provavelmente sugerirá que você aumente o tamanho dos implantes aos poucos.

3. Você pode perder sensação em seus mamilos. Perda de sensibilidade nos mamilos é mais comum naquelas pacientes que optam pela colocação dos implantes por via periareolar . É provável que a sensibilidade volte com o tempo, mas algumas partes podem ficar menos sensíveis.

4. Você não é uma boa candidata se: não tiver terminado a fase de crescimento (puberdade), se estiver muito acima do peso ideal (obesidade) ou se fuma. Estes fatores aumentam os riscos e complicações durante e após a cirurgia. Se você tem quaisquer problemas médicos significativos, você precisa ser avaliada e liberada antes da cirurgia.

5. Não entre na consulta decidida sobre o tamanho da prótese e o tipo de incisão. Você e seu cirurgião decidirão juntos qual incisão é melhor para você: incisão axilar, incisão no sulco da mama (sulco inframamário), ou através da aréola (periareolar). O seu médico levará em consideração o tamanho da sua mama e a forma, seu tecido mamário, e uma série de outros fatores antes de recomendar as melhores opções para você e seu corpo.

6. Seios aumentados irão afetar a sua postura. Se você escolher um tamanho do implante proporcional ao seu corpo, você vai perceber pouco efeito sobre a sua postura.

7. Certifique-se que seu médico tem conhecimento de quaisquer medicamentos ou suplementos que você toma. Certos medicamentos, como a aspirina ou anti-inflamatórios, podem causar problemas de hemorragia durante e após o procedimento. Siga cuidadosamente as instruções do seu médico e não tome estes medicamentos por algumas semanas antes da cirurgia.

8. Na noite anterior ao seu procedimento: tome banho e lave as áreas cirúrgicas com sabão antimicrobiano. Depois do banho, não use maquiagem, hidratantes, óleos, cremes, loções ou desodorante. Quando for fazer a cirurgia, use roupas largas que se abrem na frente e sapatos confortáveis, fáceis de colocar.

9. É possível que você estranhe seus novos seios no começo. É comum que as pacientes sintam os seios pesados por causa do novo tamanho e do inchaço, além de não estarem acostumadas com o novo visual. Essa sensação passa logo.

10. Antes de decidir pela cirurgia, se pergunte:

• Quanto a minha situação atual me incomoda?
• Por que eu quero este procedimento?
• Eu posso lidar com o tempo fora do trabalho?
• Quanto estou disposta a me expor a determinados riscos?

 

Quer agendar sua consulta com o Dr. André Valiati?

Em Porto Alegre ligue para (51)3517.5480 ou (51)99633.8816. Para agendar via whatsapp, clique nesse link ou faça seu agendamento online.

Em Sapiranga ligue para (51)3134.2020. Para agendamento via whatsapp, clique nesse link ou faça seu agendamento online.

Implante de Silicone nos Seios – Qual a idade ideal?

By Cirurgias, Mama, Prótese de Mama No Comments

Com todas as transformações típicas da adolescência, por vezes surgem inseguranças que fazem com que meninas optem por colocar implante de silicone nos seios, preocupando seus responsáveis, que não sabem se as jovens já podem se submeter a esse procedimento.

Nesse vídeo, o Dr. André Valiati responderá qual se existe idade mínima para realizar o implante de silicone nos seios.

Assista agora:

 

Quer agendar sua consulta com o Dr. André Valiati?

Em Porto Alegre ligue para (51)3517.5480 ou (51)99633.8816. Para agendar via whatsapp, clique nesse link ou faça seu agendamento online.

Em Sapiranga ligue para (51)3134.2020. Para agendamento via whatsapp, clique nesse link ou faça seu agendamento online.

Silicone nos seios – O que é a Contratura Capsular e seus tratamentos

By Cirurgias, Mama, Prótese de Mama No Comments

A cirurgia de aumento mamário com próteses de silicone é uma das mais procuradas pelas mulheres há anos. Além de muito comum e de fornecer um resultado quase que imediato, a mamoplastia de aumento também tem uma outra vantagem: é uma cirurgia de pouquíssimas complicações. A contratura capsular é uma delas. Mas o que é contratura capsular?! Por que ela ocorre?!

Para responder a estas perguntas, temos que responder a outras antes!

1. O que é cápsula fibrosa?

Toda e qualquer prótese inserida no organismo, seja ela de silicone ou de metal, é interpretada como um corpo estranho. Na tentativa de isolar este corpo estranho dos demais tecidos biológicos, nosso organismo a envolve em uma membrana fibrosa – a chamada cápsula fibrosa.

2. Então a cápsula fibrosa sempre se forma?

Sim. Todo e qualquer material sintético é envolto pela membrana fibrosa.

3. O que é contratura capsular?

A contratura capsular é uma reação da cápsula fibrosa, que se torna mais espessa e acaba gerando uma força constritiva ao redor do implante. Para implantes metálicos (próteses de joelho, por exemplo), essa alteração não costuma gerar distúrbios, uma vez que a prótese é rígida. No entanto, para as próteses de silicone, que são macias e arredondadas, esta força constritiva gera alterações de forma, alterando o formato das mamas.

4. Por que a contratura capsular ocorre?

Existem múltiplas causas para a contratura.

  • Qualidade do material – Antigamente, os implantes eram lisos, o que era responsável por uma alta incidência de contratura. Atualmente, as próteses tem cobertura texturizada, diminuindo drasticamente as taxas de contratura.
  • Tempo de uso do implante – quanto maior o tempo de uso, maiores as taxas de contratura.
  • Complicações pós-operatórias – algumas complicações propiciam maiores taxas de contratura. São elas: infecção, hematoma, seroma.

5. A contratura capsular é muito frequente?

Felizmente, as taxas de contratura capsular são baixas. Nos primeiros 5 anos de pós-operatório, as taxas giram em torno de 5%. Já pacientes com 20 anos ou mais de prótese, esta taxa pode subir ate 70%.

6. Existem níveis de contratura capsular?

Sim! Na década de 80, o autor americano Baker criou uma classificação para definir os diferentes níveis de contratura capsular.

Baker I: sem sintomas locais e sem alterações visuais. As mamas são macias e não há incômodo na palpação;

Baker II: a mama com contratura é menos elástica e o implante é sentido na palpação. Visualmente não há alteração;

Baker III: a mama com contratura é mais dura, o implante pode ser visto e sentido na palpação e há assimetria em relação a outra mama;

Baker IV: existem todas as alterações do III acrescido de dor e assimetria grave.

7. Existe alguma prevenção para a contratura capsular?

Felizmente, sim! Todos os cuidados para prevenção de infecção devem ser tomados (antissepsia, colocação de campos cirúrgicos estéreis, uso de antibióticos endovenosos), bem como cuidados hemostáticos para prevenção de sangramentos. Além disso, um estudo publicado em dezembro de 2006 (Plast. Reconstr. Surg 117:30, 2006) evidenciou que a irrigação do local do implante com solução de soro fisiológico contendo 3 diferentes antibióticos diminuiu drasticamente as taxas de contratura capsular.

8. Qual o tratamento da contratura capsular?

Para graus leves de contratura (Baker II), pode haver melhora significativa do quadro apenas com manobras não-cirúrgicas, como massagens e medicamentos.

No entanto, para graus mais avançados (Baker III e IV), o tratamento padrão inclui a troca dos implantes e a retirada da cápsula fibrosa (capsulectomia).

 

Quer agendar sua consulta com o Dr. André Valiati?

Em Porto Alegre ligue para (51)3517.5480 ou (51)99633.8816. Para agendar via whatsapp, clique nesse link ou faça seu agendamento online.

Em Sapiranga ligue para (51)3134.2020. Para agendamento via whatsapp, clique nesse link ou faça seu agendamento online.

Prótese Mamária de Silicone: qual a ideal pra mim?

By Mama, Prótese de Mama No Comments

A cirurgia de prótese mamária de silicone é um dos procedimentos mais realizados no âmbito da cirurgia plástica estética. Os implantes apresentam diferentes formatos, projeções e revestimentos, e isso é motivo de inúmeras dúvidas, gerando incerteza e insegurança nas pacientes.

No que se refere a forma, os implantes são basicamente divididos em dois grupos:

(1) Redondo: oferece volume na porção superior da mama, no colo mamário;
(2) Anatômico: tem um formato mais natural, de gota, preenchendo a mama mais inferiormente

Proteses de Silicone Porto Alegre

A projeção é a característica do implante que define o quanto a mama se lança para a frente. Existem basicamente 4 tipos de projeções:

(1) Baixa
(2) Moderada
(3) Alta
(4) Super Alta

A textura do implante é o seu revestimento, o qual está relacionado tanto a durabilidade quanto a possíveis complicações. Existem basicamente 3 tipos de texturas:

(1) Lisa: o implante tem forma lisa, sem rugosidades. Estão muito associados a uma complicação chamada contratura capsular (“rejeição”), por isso estão quase em desuso.
(2) Texturizada: sua superfície é rugosa, porosa, característica que reduziu drasticamente os casos de contratura capsular.
(3) Poliuretano: o silicone recebe um jato desta substância, deixando a superfície do implante semelhante a um veludo, o que também reduziu os índices de contratura.

Todas estas variáveis são levadas em consideração pelo cirurgião plástico durante a consulta médica, para ajudar as pacientes na decisão sobre a melhor prótese a ser utilizada. Logo, não existe implante ideal! Ele muda de paciente para paciente. A escolha do implante “ideal” deve aliar o desejo estético da paciente com suas características físicas.

 

Quer agendar sua consulta com o Dr. André Valiati?

Em Porto Alegre ligue para (51)3517.5480 ou (51)99633.8816. Para agendar via whatsapp, clique nesse link ou faça seu agendamento online.

Em Sapiranga ligue para (51)3134.2020. Para agendamento via whatsapp, clique nesse link ou faça seu agendamento online.

Implante de Silicone nos Seios – Prótese Mamária – Mamoplastia em Porto Alegre – Dr. André Valiati

By Prótese de Mama No Comments

Quer saber mais sobre implante de silicone nos seios, também conhecido como mamoplastia de aumento? Assista esse vídeo onde falo detalhadamente sobre o procedimento, qual sua indicação e como é realizada a cirurgia de implante de prótese nos seios.

Mais ainda, demonstro a segurança das próteses e falo sobre o pós-operatório, o tempo de recuperação e os cuidados fundamentais para manutenção dos resultados da cirurgia.

Transcrição do Vídeo:

Neste vídeo você vai saber um pouco mais sobre a mamoplastia de aumento, ou seja, o aumento das mamas com o uso de próteses de silicone.

Geralmente as pacientes que se apresentam no consultório para a realização desta cirurgia apresentam queixas de mamas de pouco volume, ou então queixas de mamas um pouco caídas. Estas duas alterações são totalmente passíveis de correção com o uso de próteses de silicone.

As pacientes ideais para a realização desta cirurgia são as pacientes que já apresentam o seu desenvolvimento (?) completo, ou seja, são pacientes que já menstruaram, que já cresceram e que já tiveram o desenvolvimento mamário completo. Isso gira em torno de 17, 18 anos de idade.

Em termos de segurança, os implantes mamários hoje são extremamente seguros. Os implantes apresentam uma cápsula protetora muito resistente a trauma, e mesma na eventualidade de uma ruptura o seu gel é de alta coesividade, ou seja, ele não se espalha, ele não é líquido, ele mantem o formato do implante, então não vai para outras regiões do corpo, como axilas ou abdomen, ele fica restrito na mama.

Além da sua qualidade em termos de força, de resistência, os implantes não alteram o aleitamento materno, pois a gente não mexe na glândula, o implante fica atrás da glândula, então as pacientes certamente vão poder amamentar os seus bebês no futuro normalmente. Também não existe nenhuma chance de contaminação do leite materno pelo silicone.

Além disso, ele não prejudica na hora do diagnóstico de eventuais nódulos mamários. Ele não prejudica o auto-exame, e nem os exames de rotina, como a mamografia e também a ecografia mamária.

A cirurgia geralmente é realizada de maneira ambulatorial, ou seja, a paciente realiza o seu procedimento e vai embora no mesmo dia, não necessitando internação hospitalar.

A anestesia pode ser realizada de duas maneiras: ou com a anestesia geral, ou então com uma sedação mais a anestesia local. Isso é decidido em conjunto com o anestesista e com a paciente.

Durante a recuperação, é necessário o uso de um sutiã modelador, que vai manter a mama na posição, e vai dar segurança para a paciente durante esse período.

Para a técnica que coloca o implante na frente do músculo, geralmente as pacientes tem uma evolução um pouco mais rápida; com 15 dias já estão recuperando suas rotinas de atividades físicas e academias.

Para pacientes que colocam o implante atrás do músculo, eu costumo liberar a atividade física por volta dos 30 dias para evitar qualquer possibilidade de deslocamento do implante.”

Saiba mais sobre a Mamoplastia de Aumento:

 

Quer agendar sua consulta com o Dr. André Valiati?

Em Porto Alegre ligue para (51)3517.5480 ou (51)99633.8816. Para agendar via whatsapp, clique nesse link ou faça seu agendamento online.

Em Sapiranga ligue para (51)3134.2020. Para agendamento via whatsapp, clique nesse link ou faça seu agendamento online.