Category

Mama

Prótese de Mama: Qual o Tamanho Ideal?

By | Cirurgia Plástica, Cirurgias, Mama, Prótese de Mama | No Comments

Uma pergunta frequente realizada por pacientes interessadas em aumentar os seios diz respeito ao tamanho da prótese. É muito comum, inclusive, pacientes chegarem ao consultório falando sobre a amiga ou uma celebridade que colocou uma prótese com determinado tamanho e obteve um bom resultado, e que deseja uma prótese com o mesmo tamanho ou volume.

Porém, é importante lembrar que os resultados serão diferentes, dependendo do tipo do corpo da paciente.

Pacientes Diferentes, Resultados Diferentes

Diversos fatores influenciam na estrutura corporal de cada pessoa, estes variando entre a genética, histórico médico, gestações prévias, amamentação, oscilações de peso, altura, entre outras questões relevantes. Muito importante, também, é o objetivo e as preferências de cada paciente, que são importantes para o procedimento.

Sendo assim, o que funcionou para uma mulher, pode não funcionar para a outra. Existem vários tipos de próteses disponíveis para garantir o melhor resultado para cada paciente. As próteses de silicone podem variar não só no volume (tamanho), mas também no perfil (baixo/moderado, alto, super alto), no formato (redonda, cônica, em  gota) e no material (lisa, texturizada, poliuretano).

Ressalta-se ainda as diferentes posições dos implantes, que, por exemplo, podem ser colocadas abaixo da glândula ou abaixo do músculo peitoral. As incisões por onde os implantes de silicone serão inseridos é outro ponto a ser considerado, sendo estas normalmente realizadas no sulco  da mama, ao redor da aréola – em sua parte inferior, ou pela axila.

Por isso, a escolha do tipo de prótese e técnica ideal devem ser realizadas em conjunto com o seu cirurgião, que irá examiná-la e sugerir a melhor opção para o seu caso. Alguns dos fatores que irão balizar a opinião do seu médico quanto ao tipo e tamanho de prótese mais indicados para o seu caso são:

  • Diâmetro do tórax;
  • Volume dos seios;
  • Altura;
  • Espessura e elasticidade da pele;
  • Predisposição a estrias e flacidez;
  • Objetivos da paciente

Sendo assim, lembre-se que os desejos da paciente são fundamentais na hora de decidir pelo tamanho da prótese, mas para que os resultados da cirurgia sejam aqueles planejados, a opinião profissional do seu cirurgião plástico sempre deverá ser levada em consideração.

 

Quer agendar sua consulta com o Dr. André Valiati?

Em Porto Alegre ligue para (51)3517.5480 ou (51)99633.8816. Para agendar via whatsapp, clique nesse link ou faça seu agendamento online.

Em Sapiranga ligue para (51)3134.2020, Para agendamento via whatsapp, clique nesse link ou faça seu agendamento online.

MAMOPLASTIA REDUTORA COM OU SEM PRÓTESE DE SILICONE?

By | Cirurgia Plástica, Cirurgias, Mama, Mamoplastia Redutora | No Comments

Muitas pacientes que buscam informações sobre a cirurgia para redução das mamas tem feito essa pergunta durante a consulta médica. Muito embora, pareça uma coisa até sem sentido – retirar tecido mamário de uma paciente que tem mamas grandes e/ou flácidas e colocar uma prótese, essa cirurgia apresenta algumas vantagens.

Mamas grandes e pesadas caem de maneira mais acentuada, gerando transtornos e dores que atrapalham a vida das mulheres. Após os 35, 40 anos de idade ocorre também um fenômeno chamado liposubstituição. Ou seja, as pacientes trocam glândula mamária por tecido gorduroso, deixando a mama com menor volume, apresentando queda e resultando na sobra de pele.

Na mamoplastia redutora pura, sem prótese de silicone, a paciente deve manter um volume moderado de tecido mamário para que se possa estruturar uma mama arredondada e bonita. Esse tecido mamário vai sofrendo ações, tanto do envelhecimento, quanto da gravidade, afetando a projeção dessa mama ao longo do tempo.

Essas alterações são minimizadas quando o tecido mamário é retirado de maneira mais extensa, e se coloca uma prótese de silicone no lugar desse tecido. Com isso, diminui-se o tecido glandular vivo que sofreria os efeitos da liposubstituição ao longo dos anos.  Logo, as pacientes acabam tendo um resultado mais duradouro com o uso da prótese de silicone, permanecendo também com o colo mamário mais cheio, uma vez que a prótese proporciona maior preenchimento do colo e maior firmeza na mama.

A evolução da cirurgia é semelhante a mamoplastia redutora pura. Os cuidados iniciais de não levantar os braços acima dos ombros nos 15 primeiros dias, e evitar a academia nos primeiros 30 dias, são exatamente iguais.

Ainda que apresente benefícios com relação à mamoplastia redutora tradicional, a opção de colocar ou não a prótese é individual, uma vez que depois de decidir pela prótese, muito provavelmente essa paciente usará próteses permanentemente, pois não tem mais tecido mamário para reestruturar a mama.

 

Quer agendar sua consulta com o Dr. André Valiati?

Em Porto Alegre ligue para (51)3517.5480 ou (51)99633.8816. Para agendar via whatsapp, clique nesse link ou faça seu agendamento online.

Em Sapiranga ligue para (51)3134.2020, Para agendamento via whatsapp, clique nesse link ou faça seu agendamento online.

tipos de mamoplastia porto alegre dr andre valiati

Conheça Quais São os Tipos de Mamoplastia

By | Lifting das Mamas, Mama, Mamoplastia Redutora, Prótese de Mama | No Comments

Mamoplastia é o nome que designa toda a cirurgia plástica que tem como objetivo melhorar a aparência das mamas. Busca uma maior harmonia e proporcionalidade com o restante do corpo da paciente. Existem diferentes tipos de mamoplastia: a mamoplastia de aumento, a mamoplastia redutora e a mastopexia. Cada uma delas possui objetivos e características específicas.

Enquanto a mamoplastia de aumento utiliza próteses de silicone para aumentar a projeção e volume das mamas, a mamoplastia redutora tem como objetivo primordial reduzir o tamanho e o volume das mamas. Já a mastopexia busca o levantamento das mamas e a retirada do excesso de pele existente.

Quais são os Tipos de Mamoplastia

Mamoplastia de Aumento

A Mamoplastia de Aumento foi o procedimento mais realizado no Brasil no ano de 2016, com mais de duzentas e dezessete mil cirurgias, conforme dados da Sociedade Internacional de Cirurgia Plástica Estética (ISAPS).

A cirurgia de prótese de mamas é indicada para mulheres que possuem seios pequenos, ou passaram por modificações no volume mamário depois de amamentar e desejam aumentar ou restabelecer o volume das mamas.

Existem três vias de acesso que são mais utilizadas para colocação da prótese: via axilar, via periareolar e via inframamária (sulco da mama). Certamente cada uma dessas vias apresenta vantagens e desvantagens. Entretanto, a decisão final sempre será de acordo com o desejo da paciente em conjunto com a indicação do cirurgião plástico. A cicatriz resultante da utilização de qualquer uma dessas vias de acesso fica discreta.

As próteses podem ser posicionadas abaixo da glândula, abaixo do músculo, abaixo da fascia do músculo (película que envolve o músculo), em duplo plano (parte abaixo da glândula e parte abaixo do músculo) ou ainda mediante a técnica da divisão muscular (muscle splitting).

Ainda que o procedimento seja muito conhecido das mulheres, continua sendo fonte de muitas dúvidas, que são normalmente esclarecidas durante a consulta com seu cirurgião plástico.

Mamoplastia Redutora

A Mamoplastia Redutora é indicada nos casos onde a paciente se sente incomodada com seios muito grandes, que limitam suas atividades e deixam a paciente com dores nas costas, no pescoço e no ombro, tudo isso causado pelo peso excessivo dos seios.

Entre os principais benefícios da mamoplastia redutora, podemos destacar a efetiva diminuição do tamanho e peso das mamas, deixando-as proporcionais ao tamanho do tórax da paciente, a eliminação das dores e dos desconfortos causados pelos seios excessivamente grandes, bem como a melhora na autoestima da paciente.

São várias as técnicas existentes e as cicatrizes resultantes. A técnica mais realizada é aquela onde a cicatriz final lembra um “T” invertido, sendo necessária a incisão ao redor do mamilo, além de duas cicatrizes lineares: uma horizontal, que percorre toda a porção inferior da mama, e outra vertical, que une a incisão do mamilo à incisão submamária.

Trata-se de uma cirurgia ambulatorial, onde a paciente recebe alta algumas horas depois do procedimento. Normalmente é indicado repouso dos membros superiores por um período de 15 a 30 dias, e uso de malha modeladora por, pelo menos, 1 mês.

A utilização de prótese de silicone juntamente com a mamoplastia redutora vem se apresentando como uma ótima alternativa para as pacientes que desejam reduzir o tamanho dos seios e dar maior firmeza às mamas. Com isso, as mamas ficam mais arredondadas e também diminuem as chances de queda precoce, gerando resultados mais bonitos e duradouros.

Mastopexia

A Mastopexia ou Lifting das Mamas é o procedimento que eleva e remodela mamas caídas e flácidas mediante o reposicionameto da aréola e do tecido mamário, removendo o excesso de pele e comprimindo o tecido para composição do novo contorno da mama.

Em geral, as mamas ficam caídas e flácidas em decorrência de amamentação, envelhecimento, gravidade, hereditariedade e oscilações de peso. Após o procedimento, o novo formato da mama começa a ficar evidente após o terceiro ou quarto mês. Aproximadamente, após 12 meses depois da cirurgia, a paciente já pode visualizar os resultados finais.

Há que se destacar que a definição do procedimento ideal, bem como da técnica a ser utilizadas sempre serão definidas em conjunto com seu cirurgião plástico durante consulta médica, na qual serão avaliados não só os desejos da paciente, mas também suas características físicas e clínicas, buscando como resultados mamas em harmonia com o restante do corpo.

 

Quer agendar sua consulta com o Dr. André Valiati?

Em Porto Alegre ligue para (51)3517.5480 ou (51)99633.8816. Para agendar via whatsapp, clique nesse link ou faça seu agendamento online.

Em Sapiranga ligue para (51)3134.2020. Para agendamento via whatsapp, clique nesse link ou faça seu agendamento online.

assimetria mamaria e as proteses de silicone

A Assimetria mamária e as Próteses de Silicone

By | Mama, Prótese de Mama | No Comments

Nesse artigo você vai saber mais sobre a assimetria mamária e as próteses de silicone como forma de minimizar as diferenças existentes entre as mamas.

A assimetria mamária (diferença de tamanho das mamas) não é uma situação incomum para as mulheres. Entretanto, quando as diferenças são perceptíveis, podem gerar muita angústia e aflição, trazendo incômodos e transtornos psicológicos.

Esse é o motivo pelo qual as mulheres buscam minimizar essa assimetria mamária, através da utilização do implante de próteses de silicone. Ressalta-se, que em muitos casos, não há possibilidade de igualar completamente as mamas. Isso porque, em determinadas mulheres, diferenças na parte óssea e muscular do tórax inviabilizam tal pretensão. Patologias como o câncer de mama também causam assimetria das mamas. Esse é o motivo pelo qual, mulheres com diferenças nos seios adquiridas, devem sempre procuram um mastologista para uma avaliação.

Mamas com tamanhos diferentes

Um tipo de assimetria muito frequente é a diferença de tamanhos entre as mamas, ou seja, quando a projeção de uma mama é menor que a outra. Nessas situações, seu cirurgião plástico utiliza próteses de silicone com tamanhos diferentes nos seios da paciente.

Seios flácidos

Em determinados casos, existe uma diferença na quantidade de pele existente nas mamas. Nessas situações, uma das mamas pode ceder (cair), deixando-as assimétricas. Essa é uma condição recorrente em mulheres que amamentaram seus filhos. Nesses casos, pode ser indicada a Mastopexia, que remove o excesso de pele existente. Essa cirurgia podera ser combinada com a colocação da prótese de silicone, objetivando minimizar a assimetria mamária. Ao adicionar um implante, o cirurgião reestrutura a mama, de modo que o contorno corporal da paciente fique equilibrado novamente.

Desenvolvimento anormal das mamas durante a puberdade

Conforme publicação no blog da Sociedade Brasileira de Cirurgia Plástica no ano de 2014, “diferenças no tamanho dos seios impactam significativamente a saúde mental de garotas adolescentes, afetando a auto-estima, o bem-estar emocional e a capacidade de interação social.” Tal conclusão foi extraída da edição de dezembro de 2014 da “Cirurgia Plástica e Reconstrutiva”, revista médica oficial da Sociedade Americana de Cirurgiões Plásticos – American Society of Plastic Surgeons (ASPS).

Em adolescentes, a assimetria pode se apresentar quando as mamas estão em formação. Nessa fase, as diferenças no tamanho dos seios são comuns, principalmente quando a menina está no início da adolescência. Em situações normais, os seios acabam se igualando com o passar do tempo. Contudo, em algumas garotas, mesmo depois da puberdade a diferença se mantém, sendo assim necessária a intervenção cirúrgica, cuja técnica a ser aplicada, deverá ser analisada individualmente, caso a caso.

Quando a prótese de silicone é uma necessidade

Ainda que na maioria dos casos a utilização das próteses de silicone ocorra para aumentar o tamanho das mamas, nos casos de assimetria mamária ela pode ser uma necessidade. Nesses casos, não se trata de uma questão estética, mas sim de restabelecer o bem-estar emocional e auto-estima da paciente, através de procedimento cirúrgico que efetua o melhor alinhamento possível das mamas da paciente.

Isso porque, depois da cirurgia que minimiza ou corrige a assimetria das mamas, sua auto-estima e confiança aumentam. Por certo, a cirurgia plástica pode ser uma solução legítima e eficiente para resolução de um problema que faz com que muitas mulheres sofram emocionalmente e passem desconfortos. Porém, é fundamental que a cirurgia plástica seja realizada por um cirurgião plástico, membro da Sociedade Brasileira de Cirurgia Plástica!

 

Quer agendar sua consulta com o Dr. André Valiati?

Em Porto Alegre ligue para (51)3517.5480 ou (51)99633.8816. Para agendar via whatsapp, clique nesse link ou faça seu agendamento online.

Em Sapiranga ligue para (51)3134.2020. Para agendamento via whatsapp, clique nesse link ou faça seu agendamento online.

mamas-tuberosas-dr-andre-valiati-porto-alegre-sapiranga

O que é Mama Tuberosa

By | Cirurgias, Mama, Prótese de Mama | No Comments

Mama Tuberosa é uma deformidade mamária congênita caracterizada por: (1) base mamária estreita, (2) redução do parênquima mamário, (3) deficiência de pele no polo inferior da mama, (4) sulco mamário posicionado mais superiormente, (5) herniação areolar e (6) assimetria mamária. As pacientes acometidas podem apresentar um ou vários dos critérios acima, em uma ou em ambas as mamas.

Como ilustrado na figura, a mama tuberosa é dividida em um espectro de 3 subtipos, sendo I o mais leve e III o mais grave. O subtipo da mama tuberosa é identificado durante a consulta médica, mediante exame clínico. Somente após essa identificação, será possível determinar seu tratamento, visto que pode variar conforme o tipo de mama tuberosa.

No geral, a correção é feita com apenas uma cirurgia, utilizando abordagem periareolar (cicatriz ao redor do mamilo), liberação das aderências do polo inferior e colocação de implante mamário. Nos casos mais graves, podem ser necessários 2 procedimentos para o correto tratamento.

 

Quer agendar sua consulta com o Dr. André Valiati?

Em Porto Alegre ligue para (51)3517.5480 ou (51)99633.8816. Para agendar via whatsapp, clique nesse link ou faça seu agendamento online.

Em Sapiranga ligue para (51)3134.2020. Para agendamento via whatsapp, clique nesse link ou faça seu agendamento online.

Perguntas e Respostas sobre a Cirurgia de Prótese de Silicone

By | Mama, Prótese de Mama | No Comments

A cirurgia de prótese de silicone nas mamas é uma das cirurgias plásticas mais realizadas do Brasil. No ano de 2015 foram realizadas mais de 159 mil cirurgias de mamoplastia de aumento em todo o país, segundo dados da Sociedade Internacional de Cirurgia Plástica Estética. A procura pela Cirurgia de Prótese de Silicone em Porto Alegre também é muito significativa. Por isso, são muitas as dúvidas e os mitos relacionados à cirurgia.

Com o propósito de deixar você melhor informada, respondo abaixo algumas das principais perguntas sobre a Cirurgia de Prótese de Silicone em Porto Alegre:

Posso escolher a minha Prótese de Silicone?

A escolha da prótese de silicone não é uma escolha exclusiva da paciente! São diversas as opções de próteses de silicone, com perfis, formatos, volumes e texturas diferentes. A decisão sobre o melhor implante irá depender da avaliação do seu cirurgião plástico, que certamente levará em consideração o tamanho e a forma atuais da sua mama, seu tecido mamário, o tamanho do seu tórax e uma série de outros fatores para somente depois, discutir as melhores opções com você. Portanto, a escolha do implante “ideal” deve aliar o seu desejo estético com suas características físicas, o que será determinado durante a consulta médica.

A Prótese de Silicone é Segura?

As próteses de silicone modernas são extremamente seguras. Apresentam uma cápsula protetora com grandes resistências a traumas. Mesmo em caso de eventual ruptura, o gel da prótese de silicone é de alta coesividade, o que significa dizer que não se espalha, mantendo o formato do implante, garantindo assim a segurança da paciente. Como não é líquido, não vai para outras regiões do corpo, como para as axilas ou abdomen, ficando restrito tão somente à mama.

A Prótese de Silicone altera o aleitamento materno?

Não! A prótese de silicone não altera ou influencia a amamentação.Isso porque o implante fica atrás da glândula. Assim, as pacientes que pretendem ter filhos depois do implante de silicone poderão amamentar os seus futuros bebês normalmente. Mais ainda, não há nenhuma chance de contaminação do leite materno pelo silicone.

A Prótese de Silicone tem relação com o câncer de mama?

A prótese de silicone não possui nenhuma relação com o câncer de mama! Inclusive a Sociedade Americana de Câncer se manifesta informando não existir aumento do risco de câncer em função das próteses de silicone.

A Prótese de Silicone é prejudicial ao diagnóstico do câncer de mama?

A prótese de silicone não apresenta nenhum prejuízo ao diagnóstico de eventuais nódulos mamários. Não prejudica o auto-exame, e nem os exames de rotina, como a mamografia e a ecografia mamária.

O Dr. André Valiati realiza a Cirurgia de Prótese de Silicone em Porto Alegre? Em que local?

O Dr. André Valiati realiza a Cirurgia de Prótese de Silicone em Porto Alegre, nos melhores hospitais da capital, como por exemplo, Mãe de Deus Center, Moinhos de Vento e Santa Casa de Misericórdia, proporcionando conforto, segurança e profissionais altamente qualificados durante todo o procedimento.

Posso realizar o procedimento de mamoplastia de aumento em Porto Alegre, mesmo sendo de outra cidade?

Claro que sim! A cirurgia de mamoplastia de aumento é um procedimento ambulatorial. Ou seja, nesses casos a paciente pode realizar a cirurgia pela manhã e voltar para sua residência no mesmo dia, ou no dia posterior ao procedimento – caso resida na região metropolitana. Em qualquer situação, a paciente deverá estar sendo acompanhada por algum familiar ou amigo(a). Essa é uma rotina frequente na minha atuação como Cirurgião Plástico em Porto Alegre.

Pacientes de cidades mais distantes normalmente realizam o procedimento e permanecem em Porto Alegre por mais alguns dias, para que possamos dar toda a atenção necessária durante o pós-operatório imediato.

Quanto custa a cirurgia plástica de prótese de silicone em Porto Alegre?

A grande maioria das pacientes que vão se submeter a cirurgia plástica de prótese de silicone tem como preocupação inicial, saber quanto custa o procedimento. Ainda que esse seja um fator muito importante, é necessário que você saiba que esse valor pode variar e bastante! Isso porque, no custo do procedimento vários fatores devem ser considerados! O primeiro deles é realizar a avaliação individualizada do seu caso! Além disso, outros fatores influenciam o valor da cirurgia plástica, como por exemplo, o valor do hospital escolhido, os materiais hospitalares a serem utilizados, a prótese de silicone escolhida, a malha modeladora e obviamente os honorários do cirurgião plástico, do médico anestesista e médico auxiliar.

Assim, além de se preocupar tão somente com o valor da cirurgia plástica, se preocupe em saber se esse valor possibilita a você ter acesso a médicos qualificados, instalações confortáveis e seguras e a produtos de qualidade que normalmente são fundamentais para assegurar o melhor resultado da sua cirurgia plástica.

Quando consigo ver os resultados da cirurgia de aumento das mamas?

Logo após o procedimento a paciente já observa a mudança das mamas. Entretanto, o resultado final da cirurgia irá ocorrer lá pelo 6º mês após o procedimento, uma vez que o inchaço já terá desaparecido em sua totalidade e a mama irá apresentar sua forma definitiva.

Tenho flacidez nas mamas. A prótese de silicone corrige essa flacidez?

A mamoplastia de aumento tem como objetivo aumentar e remodelar as mamas e não eliminar flacidez. Entretanto, pequena flacidez pode ser corrigida com a prótese. No caso de flacidez mais severa a cirurgia de prótese de silicone não terá como resultado a correção da flacidez.

Para esses casos, normalmente se realiza a mastopexia ou lifting das mamas, que eleva e remodela mamas caídas e flácidas. Caso a paciente e o cirurgião entendam pela necessidade de dar mais volume a essas mamas, pode ser viável combinar o procedimento de mastopexia com a cirurgia de prótese de silicone nos seios.

Certamente existem outras questões ou dúvidas relacionadas a cirurgia de prótese de silicone em Porto Alegre! Se tiver algum questionamento, por favor, deixe-o nos comentários logo abaixo que responderei com o maior prazer!

 

Quer agendar sua consulta com o Dr. André Valiati?

Em Porto Alegre ligue para (51)3517.5480 ou (51)99633.8816. Para agendar via whatsapp, clique nesse link ou faça seu agendamento online.

Em Sapiranga ligue para (51)3134.2020. Para agendamento via whatsapp, clique nesse link ou faça seu agendamento online.

posicao ideal dos implantes de silicone

Qual a Posição Ideal dos Implantes de Silicone?

By | Cirurgias, Mama, Prótese de Mama | No Comments

Definir qual a posição ideal dos implantes de silicone é fundamental na Cirurgia de Prótese de Silicone nas Mamas. É mais uma das muitas decisões que você deverá tomar em conjunto com o seu cirurgião plástico na primeira consulta médica. Para chegar ao posicionamento ideal do seu implante mamário, são avaliadas questões como o tamanho das próteses, sua anatomia corporal, a qualidade de sua pele, além, é claro, de seus objetivos estéticos.

Portanto, ao se dirigir para a consulta, ainda que tenha preferências prévias, saiba que será necessário discutir com seu cirurgião plástico sobre as várias opções de posicionamento dos implantes mamários. Ainda que sua opinião seja relevante, é importante confiar na experiência e no conhecimento técnico do seu cirurgião, caso ele indique uma posição diferente daquela planejada por você. As principais opções de posicionamento dos implantes de mama serão detalhadas abaixo:

Definindo a Posição ideal dos Implantes de Silicone

São várias as possibilidades de posicionamento das próteses de silicone. Por isso, é importante discutir com seu cirurgião qual a posição ideal dos implantes de silicone. A seguir, você saberá quais as vantagens e desvantagens de cada uma das principais posições das próteses de silicone.

Plano Subglandular (abaixo da Glândula)

O posicionamento da prótese de silicone abaixo da glândula, ou subglandular, é o mais utilizado, uma vez que o descolamento para criação do bolso para colocação do implante é mais fácil.

# Vantagens do Plano Subglandular: Além da facilidade do descolamento durante o ato cirúrgico, o pós-operatório é mais tranquilo, visto que a dor e o desconforto são mínimos e duram poucos dias.

# Desvantagens do Plano subglandular: Posicionar o implante de silicone abaixo da glândula em pacientes muito magras e sem nenhum tecido mamário pode deixá-lo muito visível. Além dessa possibilidade de tornar o resultado artificial, há ainda a possibilidade de se formarem pequenas dobras (rippling) na pele da paciente.

Plano Submuscular (abaixo do músculo)

Nesse plano, o implante fica coberto pelo músculo, cuja principal função é a de “esconder a prótese”.

A colocação da prótese no plano submuscular é indicada para:

(1) Mulheres magras, que precisam de uma cobertura maior entre a pele e o implante, para que este não fique visível;
(2) Mulheres com implante subglandular que desenvolveram sinmastia – mamas juntas na linha média, sem separação entre elas.
(3) Mulheres com histórico familiar de câncer de mama, pois necessitam de uma proteção entre a glândula mamária e a prótese, para facilitar a eventual necessidade de punções para biópsias.

# Vantagens do Plano Submuscular: Nesse plano as bordas da prótese tem a tendência de ficar menos aparentes. Há ainda, comparado ao plano subglandular, menor risco de contratura capsular.

# Desvantagens do Plano Submuscular: O pós-operatório exige maior cuidado, pois a contração do músculo peitoral, nesse período, pode deslocar o implante para os lados. Com isso pode modificar a aparência da mama. Mais ainda, no período pós-operatório, a dor tem a tendência de ser mais intensa uma vez que ocorre a distensão dos músculos durante a cirurgia. Sendo assim, a recuperação se torna mais lenta, e o tempo para retomada das atividades físicas é maior.

Duplo Plano (Dual Plane)

A denominação “duplo plano” decorre do posicionamento intermediário para prótese mamária, no qual a parte superior do implante fica coberta pelo músculo e a parte inferior fica posicionada abaixo da glândula mamária. Através dessa técnica, é possível obter os benefícios de cada umas técnicas apresentadas acima (subglandular e submuscular), o que permite reduzir determinados problemas existentes em cada uma delas isoladamente.

# Vantagens do Duplo Plano: O resultado apresenta mamas bastante naturais, sem bordos visíveis ou palpáveis superiormente. Além disso, diminui consideravelmente a possibilidade de surgimento de ondulações visíveis na superfície, também conhecidas como ”rippling”. Permite a colocação de volumes maiores. Diminuem as chances de contratura capsular.

# Desvantagens do Duplo Plano: O pós-operatório pode ser um pouco mais dolorido, pois ocorre a divisão do músculo peitoral.

Divisão Muscular (Muscle-splitting)

A técnica da Divisão Muscular (Muscle-splitting) pode ser considerada a evolução da Dual-plane. Isso porque diferentemente da técnica de duplo plano, onde o músculo é cortado para posicionamento da prótese, na Muscle-splitting, o músculo é apenas dividido ao longo de suas fibras, o que não gera tantos traumas!
# Vantagens da Muscle Splitting: A prótese fica coberta pelo músculo peitoral apenas na sua porção mais superior, para evitar o efeito “bolinha” ou mesmo as ondulações visíveis do implante (rippling).
Além disso, a divisão muscular não costuma gerar deformidade de contorno quando existe contração muscular ( a chamada “alteração dinâmica”), nem mesmo movimentação dos implantes.

# Desvantagens da Muscle Splitting: Em pacientes com musculatura peitoral muito forte, o músculo pode “empurrar” o implante para baixo. Além disso, em raros casos, o músculo pode “escorregar” para trás do implante, deixando a prótese totalmente subglandular.

Um detalhe importante é que as próteses de mama não interferem na amamentação, qualquer que seja o plano escolhido.

 

Quer agendar sua consulta com o Dr. André Valiati?

Em Porto Alegre ligue para (51)3517.5480 ou (51)99633.8816. Para agendar via whatsapp, clique nesse link ou faça seu agendamento online.

Em Sapiranga ligue para (51)3134.2020. Para agendamento via whatsapp, clique nesse link ou faça seu agendamento online.

trocar as proteses de silicone

Quando trocar as próteses de silicone?

By | Mama, Prótese de Mama | No Comments

As próteses de silicone evoluíram muito nestes mais de 50 anos de existência. Contudo, elas não são permanentes! Como qualquer produto, apresentam desgaste natural e devem ser substituídas!

Os implantes atuais apresentam duas características que aumentaram sua durabilidade: gel coesivo e mais camadas de elastômero na sua cápsula. Com isso, aquela antiga regra de troca a cada 10 anos caiu por terra!

Atualmente, a Sociedade Brasileira de Cirurgia Plástica recomenda revisão anual com exame físico e ecografia para checar a viabilidade do implante. Já a escola francesa preconiza ecografia no terceiro, sétimo e décimo ano após a inclusão das próteses.

Indicações para troca das Próteses de Silicone

Existem 3 indicações para troca das próteses de silicone : (1) insatisfação estética; (2) ruptura da sua cápsula; ou (3) contratura capsular.

Muitas pacientes desejam um novo aumento mamário alguns anos da primeira cirurgia. Alterações de peso, gestação ou o próprio efeito da gravidade podem gerar leve flacidez de pele. Uma nova cirurgia, com troca por próteses mais volumosas, resolve esta questão.

As rupturas são diagnosticadas por ecografia ou ressonância magnética. Na maioria das vezes, são assintomáticas. Contudo, algumas pacientes, podem apresentar leve dor mamária, vermelhão na pele ou alteração do formato da mama. Mas não se assuste se você apresenta uma prótese com ruptura, não existe nenhuma urgência! O gel não é tóxico ao organismo e a cirurgia pode ser programada com calma.

Já a contratura capsular, conhecida popularmente como “rejeição”, pode ocorrer a qualquer momento após a inclusão das próteses de silicone, mas é mais comum após 5 anos de uso. Tem por costume gerar leve dor, alteração de formato da mama e endurecimento da mesma. Seu diagnóstico é feito com exame físico ou por ecografia.

Portanto, as próteses não são vitalícias! Procure seu cirurgião para as revisões sistemáticas ou antes, caso haja algum sintoma!

 

Quer agendar sua consulta com o Dr. André Valiati?

Em Porto Alegre ligue para (51)3517.5480 ou (51)99633.8816. Para agendar via whatsapp, clique nesse link ou faça seu agendamento online.

Em Sapiranga ligue para (51)3134.2020. Para agendamento via whatsapp, clique nesse link ou faça seu agendamento online.

mamoplastia redutora porto alegre

10 benefícios da Mamoplastia Redutora

By | Mama, Mamoplastia Redutora | No Comments

A Mamoplastia Redutora é um procedimento que transforma não só a porção física e estética da paciente, mas transforma positivamente a parte psicológica das mulheres que sofrem com mamas muito grandes.

Há poucos meses uma paciente de 19 anos acompanhada de sua mãe, veio à clinica apresentando vários problemas decorrentes dos seios excessivamente grandes. Entre outras reclamações, afirmou ter muita vergonha do tamanho excessivo das suas mamas. Disse que era obrigada a usar roupas largas e que o peso das mamas a deixava com dores intensas na coluna. Relatou ainda, que tinha vergonha de ter relações íntimas com seu namorado, e que sua auto-estima estava ficando mais baixa a cada dia que passava. Após ouvir estes e outros problemas relatados, todos chancelados pela mãe, realizamos o exame médico e decidimos pela cirurgia de mamoplastia redutora para corrigir o problema e tornar sua vida mais aprazível e confortável, o que efetivamente ocorreu.

Ocorre que durante a consulta, passei a destacar para mãe e filha alguns dos benefícios proporcionados pela cirurgia de redução de mama. Agora decidi compartilhar com você alguns dos benefícios da mamoplastia redutora.

Quem pode se submeter a Mamoplastia Redutora

Normalmente as mulheres com seios muito grandes, que tem limitada a atividade física, que ficam com dor nas costas, no pescoço e nos ombros, em virtude do peso dos seios, são as principais candidatas para se submeter a cirurgia de redução mamária.

É indicada ainda, para os casos de depressão nos ombros, onde ficam as alças do sutiã, devido ao peso dos seios; nos casos onde há irritação da pele logo abaixo do sulco da mama; se os seios estão flácidos e pendentes. Também é ideal para os casos onde o mamilo está abaixo do sulco da mama quando seus seios não são sustentados e também nos casos onde os seios possuem aréolas alargadas e pele flácida.

A Mamoplastia Redutora tem o objetivo de corrigir estes problemas, modificando o tamanho, o peso e o formato dos seios, proporcionando mais confiança e melhorando significativamente a autoestima da paciente. Se você está passando por esses problemas, o agendamento de consulta com seu cirurgião plástico de confiança pode ser indicado.

Benefícios da Mamoplastia Redutora

Estabelecido o problema e quais as indicações do procedimento em cirurgia plástica, cabe agora destacar 10 benefícios da Mamoplastia Redutora:

1. Seios menores: A Mamoplastia Redutora pode ajustar o tamanho e a aparência dos seios conforme necessidade/desejo da paciente. Como já destacado, uma mulher com seios grandes pode se sentir insatisfeita com o tamanho de suas mamas tanto quanto uma mulher com seios pequenos. Seja por razões estéticas, psicológicas ou de saúde, o procedimento diminui efetivamente o tamanho das mamas.

2. Maior firmeza das mamas: Seios menores são menos pesados, e, portanto, menos sujeitos à ação da gravidade do que seios maiores. Por isso, é muito mais difícil que mamas pequenas se tornem flácidas com o passar dos anos, garantindo uma aparência mais jovem por um maior período de tempo. Em alguns casos há possibilidade de realização de uma mamoplastia redutora com prótese de silicone, que irá proporcionar uma mama ainda mais firme e arredondada.

3. Mais opções de vestuário: É bastante comum que mulheres com seios grandes tenham dificuldade em encontrar roupas que sirvam. Principalmente sutiãs que comportem as mamas adequadamente (alça do sutiã, inclusive) que pode afetar e afundar os ombros das pacientes devido ao peso demasiado dos seios. Com seios menores, fica muito mais fácil para a mulher encontrar itens de vestuário adequados ao seu formato corporal.

4. Elimina dor e desconforto: Dor nas costas, ombros e pescoço são algumas das razões mais comuns que levam as mulheres a se submeterem à Mamoplastia Redutora. O peso dos seios podem causar problemas na postura e na coluna. Existem até mesmo casos onde o tamanho das mamas afetou a circulação, resultando em dores de cabeça e no pescoço. A redução das mamas possibilita a eliminação da dor e desconforto decorrente de seios muito grandes.

5. Evita atenção indesejada: O tamanho das mamas pode resultar em comentários e assédios inapropriados. Essa pressão social deixa a paciente insegura em público e pode ocasionar problemas psicológicos e de autoestima. Seios menores e proporcionais ao formato corporal são mais discretos que seios excessivamente grandes.

6. Melhor proporção corporal: Seus seios serão mais proporcionais ao resto do corpo, melhorando a silhueta.

7. Evita assaduras: Algumas mulheres podem desenvolver assaduras tanto entre as mamas quanto na região abaixo dos seios, devido à constante fricção. Seios menores causam menos danos à pele, pois ocupam menos espaço e, assim, tem mais liberdade para se movimentar.

8. Corrige mudanças causadas pela gravidez: A gestação e a amamentação podem modificar o aspecto das mamas, tornando-as flácidas e caídas. A Mamoplastia Redutora ajuda a reposicionar os seios ao seu tamanho e formato originais.

9. Melhora a autoestima: Seios grandes demais podem afetar o psicológico e a confiança da mulher. Com a Mamoplastia Redutora, a paciente se sentirá mais segura com relação ao seu corpo e sua autoestima irá melhorar consideravelmente.

10. Proporciona mais qualidade de vida: Seios mais leves e mais equilibrados melhoram a qualidade de vida. Permitem melhores relacionamentos interpessoais, não atrapalham no uso de roupas, possibilitam a realização de exercícios físicos e a prática de esportes sem dor, entre outros benefícios.

Esses são os principais benefícios relacionados à mamoplastia redutora. Consulte seu cirurgião plástico de confiança para saber se a Mamoplastia Redutora é a melhor opção para você.

 

Quer agendar sua consulta com o Dr. André Valiati?

Em Porto Alegre ligue para (51)3517.5480 ou (51)99633.8816. Para agendar via whatsapp, clique nesse link ou faça seu agendamento online.

Em Sapiranga ligue para (51)3134.2020. Para agendamento via whatsapp, clique nesse link ou faça seu agendamento online.

[Infográfico] Conheça a Cirurgia Plástica Pós-Gravidez – Mommy Makeover

By | Abdominoplastia, Cirurgias, Contorno Corporal, Lipoaspiração, Mama, Prótese de Mama | No Comments

A Cirurgia Plástica Pós-Gravidez ou Pós-Parto é muito procurada por mamães que tiveram alteradas suas características corporais durante e depois da gestação. Essa é uma situação tão comum e a procura por cirurgia plástica no pós-parto é tão rotineira que existe nos Estados Unidos uma expressão que denomina essa necessidade de cirurgias plásticas corretivas após a gravidez: Mommy Makeover.

Traduzindo livremente, a expressão “Mommy Makeover” significa “reforma da mamãe”, ou “remodelamento da mamãe”,  e denomina a união  de procedimentos cirúrgicos relacionados principalmente a duas partes específicas do corpo da mulher: mamas e abdome.

Isso pelo fato de que as mamas aumentam significativamente seu volume por aumento de peso, aumento de volume e pela amamentação. Esse volume mamário muitas vezes não diminui com a recuperação de peso anterior. Ou ainda, há uma severa diminuição desse volume mamário, resultando em importante excesso de pele, que acaba por conferir às mamas um ar descaído ou até mesmo uma atrofia da glândula mamária.

Já no abdome a mamãe fica mais incomodada com a flacidez e o excesso de pele, além das possíveis estrias decorrentes da gravidez. Além disso, o abdome pode ficar com um aspecto abaulado e sofre ainda alterações da forma do umbigo.

Estas alterações são suficientemente perturbadoras, fazendo com que a mulher se sinta muito insatisfeita com as alterações que o seu corpo sofreu.  Muitas vezes, os tratamentos meramente estéticos não são suficientes para ajudar na recuperação da autoestima da mamãe.

O Infográfico “Cirurgia Plástica Pós-gravidez”

Pensando em facilitar a compreensão das mamães, o Cirurgião Plástico Dr. André Valiati criou um rico infográfico com as informações mais importantes sobre a cirurgia plástica pós-gravidez.

Clique aqui para baixar uma versão em alta qualidade desse infográfico.

Para baixar a imagem, clique na mesma com o botão direito do mouse e escolha salvar como!

infografico-cirurgia-plastica-pos-gravidez

**** Acesse o link ao lado para baixar o Infográfico em PDF sobre a Cirurgia Plástica Pós-Gravidez em alta resolução.

Você gostou desse Infográfico sobre a Cirurgia Plástica Pós-Gravidez?

Espero que você tenha gostado das informações constantes nesse infográfico. Entender o que pode ocorrer com seu corpo após a gravidez e como pode ser corrigido é muito importante para mulher que passou recentemente por uma das experiências mais emocionantes e gratificantes na sua vida!

Se você gostou desse artigo e infográfico, por favor, compartilhe com suas amigas nas redes sociais. O link encurtado para compartilhar é este:

http://bit.ly/cirurgiaplasticaaposoparto

Para receber mais infográficos como esse, basta se cadastrar na nossa lista de email para ser a primeira a receber novas atualizações!

E não deixe de comentar logo abaixo sobre o assunto!
[feature_box style=”27″ only_advanced=”There are no title options for the choosen style” alignment=”center”]

Quer saber mais sobre os benefícios da Cirurgia Plástica Pós-Gravidez para você ou seu familiar?

Agende sua consulta, ou ligue agora mesmo para nosso consultório
(51)3517-5480 e faça seu agendamento. Será um prazer conversar pessoalmente com você.

[/feature_box]